Fandom

Protopia Wiki

Yomango

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Receitas Para o Desastre
CrimethInc


IngredientesEditar

Dizem que um capitalista vende até a corda na qual o enforcarão; pode até ser, mas ele certamente só irá vendê-la a um preço que ninguém a não ser outro capitalista poderá pagar. Não se desespere: o que você não poder comprar, você pode roubar.


Roubar mercadorias tem alguns problemas. Pode ser mais perigoso em termos de repercussões legais do que outros métodos de coleta, e não desencoraja a produção em massa ― nem o consumo em massa. Mesmo assim, às vezes o que você precisa não se encontra em lixeiras ― e se você vai roubar de vez em quando, é bom praticar.



Roubar mercadorias tem um lado espiritual. Ficar calmo é importante; até mesmo técnicas de meditação podem ajudar. Tente uma atuação metódica: seja o consumidor inofensivo que você finge ser. Seja amigável quando interagir com os funcionários, faça perguntas se você precisar, sorria. A menos que você seja realmente visto escondendo coisas nas suas roupas, só irão suspeitar se acharem que você parece suspeito.


Da mesma maneira, ladrões não têm uma aparência padrão. Pesquisas corporativas mostram que os adolescentes são os que mais roubam, seguidos de perto por mulheres de meia-idade de classe média. Quem pensaria? Talvez você não, mas um agente de segurança bem informado sabe disto. Vista-se como se você fosse um comprador, para que você se sinta confortável, mas não fique preguiçoso e suponha que você será ignorado.


Detetives das lojas e empregados à paisana também não podem ser reconhecidos pela sua aparência. Você pode ser preso por qualquer um dentro de um grande elenco de personagens, alguns empregados pela loja, outros não. É melhor que você nãdeixe ninguém observar as suas atividades.


Confiança é importante, mas cuidado para não ficar convencido. A sua habilidade de roubar mercadorias é um recurso limitado; quanto mais você o fizer, maior é a probabilidade de que um dia você será pego. Quando isto acontecer, os seus captores vão tentar tornar a sua vida difícil. Se você for pego diversas vezes, você pode se sentir tentado a parar de roubar. Este não é o momento para se dar conta de que é melhor ter uma carreira longa suprindo as suas necessidades e as de sua comunidade do que sair embriagado de orgulho tentando adquirir mais itens supérfluos que o consumidor ao seu lado.


Quando você trabalhar com um parceiro, certifique-se de encontrar alguém cujo estilo seja compatível com o seu, para que você não tenha que lidar com nenhum desentendimento ou discordância no meio de uma missão que já bastante estressante.

Câmeras de VigilânciaEditar

Quando você está em uma loja, preste atenção às câmeras, mas não se intimide. É verdade que as câmeras são utilizadas para prender pessoas, mas pesquisas mostram que elas funcionam mais como intimidação. Mantenha em mente que na maioria das lojas com dezenas de câmeras não existem dezenas de empregados monitorando dezenas de monitores. Mais provavelmente, é uma pessoa vigiando um ou dois monitores, nos quais ou as imagens das diferentes câmeras da loja ficam se intercalando, a imagem fica dividida para mostrar nove câmeras em cada monitor. Neste Grande Irmão varejista ficar interessado nas suas atividades, ele pode seguir você de câmera em câmera através da loja, mas mesmo assim as câmeras possuem ângulos muito abertos e resolução muito baixa. Faça com que seus movimentos sejam sutis e casuais. Nenhuma loja é livre de pontos cegos. Encontre um e esconda a mercadoria ali.


As câmeras que filmam os caixas na frente da loja são chamadas de "câmeras de assalto". A idéia tola de um assalto no estilo faroeste em um supermercado é uma desculpa fraca para a loja direcionar suas vigilância aos seus empregados, que são a principal causa de perdas de mercadoria. Pesquisas de perdas de mercadoria mostram que metade do que as lojas reportam como roubo de mercadorias são na verdade roubos e danos a mercadorias cometidos por funcionários da loja. Veja bem, a loja não confia nos seus empregados mais do que confia em você. Pesquisas também mostram que quando os funcionários são bem pagos e bem cuidados, os roubos diminuem significativamente. Se você está em uma loja com muitas câmeras voltadas para funcionários, pode ter certeza que eles não são bem tratados e não dão a mínima para a companhia.


Respeite os empregados. Não seja óbvio demais ― isso os faz sentir que você os considera idiotas. Eles podem muito bem não se importar que você roube, mas por pura civilidade você deve fazer isso discretamente.


Chamarizes, Aparelhos, DistraçõesEditar

Se você for roubar muita coisa, é uma boa idéia comprar pelo menos um item; os seguranças suspeitarão menos se você entrar na fila do caixa.


Outra opção é depois que você tiver embolsado tudo que você queria, você pode perguntar para um funcionário na frente sobre um item que está em falta ― por exemplo, em um mercado, pergunte se eles têm querosene. Isto lhe dará uma desculpa para sair da loja sem comprar nada.


Existem diversas variações sobre este tema. Depois de pegar o que você queria, você pode levar um item sem etiqueta até o caixa e perguntar o preço, quando a sua pergunta for respondida, diga que é muito caro e saia. Você também pode encher a sua mochila e os seus bolsos com o que você precisa, e um cestinho com itens aleatórios; quando chegar a sua vez no caixa, explique que você esqueceu sua carteira em casa e já volta.


Se você vai roubar mercadorias com um parceiro, um de vocês pode se vestir bem, e o outro como um ladrão de olhos furtivos. Entrem separados; o que estiver mal-vestido deve andar pela loja parecendo suspeito, distraindo os seguranças, enquanto que o bem-vestido enche a sua bolsa e sai da loja. Numa variação deste método, um comprador finge um ataque epiléptico ou outra crise semelhante, enquanto o outro cuida dos negócios.


Se funcionários ou clientes estiverem cientes de você mas não estiverem prestando muita atenção, é uma boa idéia tirar dois dos itens que você precisa da prateleira e então devolver um. Esta também pode ser uma boa manobra para enganar as câmeras de vigilância; a resolução delas geralmente é baixa demais para mostrar o número de itens na sua mão.


Quando você voar ou viajar de ônibus, seus amigos podem roubar a sua bagagem quando você chegar ― você pode arrecadar uma bela grana do seguro, especialmente se você tiver recibos dos itens valiosos que você perdeu.


Em papelarias com auto-serviço para máquinas de fotocópias, você pode roubar livros, papel, ou itens grandes e planos. Leve uma mochila com alguns dos seus livros de casa. Despreocupadamente leve os itens que você vai roubar até as copiadoras. Passe algum tempo tirando cópias dos seus livros. Quando ninguém estiver olhando, coloque os itens entre os livros e dentro da sua mochila. Pague pelas cópias e saia da loja.


Para empresas que dão brindes para aqueles que conseguem juntar um certo número de carimbos ou outros certificados de compra, você pode ficar do lado de fora, perguntando às pessoas se elas se importam em conseguir os carimbos para você quando fizerem suas compras, logo acumulando carimbos ao mesmo tempo em que educa os consumidores sobre as suas opções.


Se você tiver um telefone celular, utilize-o para teatro. Peça para um amigo lhe ligar quando você estiver na fila do caixa com tudo que você precisa num cestinho. Com o celular grudado a um dos ouvidos e a outra mão sobre a outra orelha, caminhe a passos largos até a rua em busca de silêncio, talvez esquecidamente levando a sua cesta com você. Lá fora, termine a sua conversa e, se ninguém veio atrás de você, entre no seu BMW e vá embora. Se você foi seguido, tudo bem, você só precisa terminar esta ligação ― Cruzes!


Você pode roubar cupons de lojas corporativas, ou duplicá-los ― se os cupons precisam de um carimbo para serem válidos, apenas roube o carimbo também.


Você pode pedir a empregados recatados sobre marcas específicas sobre produtos "constrangedores"; depois disso eles podem evitar você. Melhor ainda, encontre um funcionário e pergunte sobre algo completamente comum. Com o empregado perto de você, olhando para a prateleira ou levando você até algum lugar, você será menos vigiados pelos seguranças e por outros empregados. Use esta oportunidade para esconder itens.


Você pode conseguir bebidas de graças em lanchonetes gringas pegando um copo do lixo e pedindo um refil.


Um casal pode posar de amantes distraídos, rindo, dando uns amassos e se acariciando de uma maneira em que as pessoas sintam-se constrangidas de olhar, e tire proveito deste constrangimento para colocar produtos dentro das roupas do seu parceiro.


Esta é boa para lojas com duas saídas, ou em horários de movimento: consiga algumas sacolas da loja onde você vai, do lixo, com alguém que tenha comprado (ou num supermercado, basta pedí-las no caixa), e encha-as em algum canto da loja. Tenha um recibo em mãos e algumas notas e moedas. Verifique o recibo e conte o seu troco enquanto casualmente sai da loja.


EscondendoEditar

Como mulheres geralmente andam com bolsas, é fácil entrar em uma loja com uma bolsa na frente do carrinho e enchê-la com mercadorias. Entretanto, mantenha em mente que se você for considerado suspeito, a sacola com você será a primeira coisa a ser revistada.


Uma prancheta é um acessório assustador usado por figuras de autoridade. As pessoas me tratam diferente se eu carrego uma prancheta, não importa o que eu faça! Em uma loja, uma prancheta pode ser muito útil; prenda uma lista de compras nela para ter um pretexto; Câmeras de segurança geralmente ficam no alto; carregue a prancheta de forma que você possa remover a embalagem e etiquetas magnéticas debaixo dela. Posicione a pranchete como se você estivesse examinando a sua lista, enquanto você escorrega um produto para dentro das suas calças ou sob o seu braço. Esconda itens planos sob a prancheta; você pode segurar ambos com uma mão e ou sair da loja ou ir até o caixa com um produto bem barato.


Para abrir e remover uma embalagem resistente sem dificuldade, cole uma lâmina de estilete ou de barbear com esparadrapo na ponta do seu dedo, com apenas uma pontinha para fora; deve aparentar que é apenas um curativo para um pequeno ferimento.


Leve com você um carrinho de bebê com uma criança ou duas nele ― quanto maior o carrinho melhor. Faça as suas compras com um cesto sob o seu braço enquanto empurra o carrinho e discretamente enche os seus compartimentos.


Instale uma abertura com ziper no lado da sua mochila que fica nas suas costas; isto pode ser perfeito para esconder itens. Você pode roubar zíperes em armarinhos; consiga um silencioso e macio.


Bolsos de roupas cargo são bons locais para esconder itens, mas existem milhares de outras opções. Coloque a sua camisa para dentro das calças e enfie os produtos pelo colarinho; quando usar moletons folgados e com capuz, encolha a sua barriga e enfia itens planos até a metade dentro das suas calças, usando o elástico da sua roupa de baixo e a cintura da sua calça para segurá-los no lugar; coloque coisa nas suas meias enquanto se inclina para amarrar o seu sapato; enfie itens pelas mangas de jaquetas fofinhas com mangas elásticas; coloque itens pequenos dentro de uma garrafa d'água opaca e com boca larga; corte um buraco no bolso de sua jaqueta para que você possa enfiar itens maiores que o seu bolso para o forro do seu casaco; costure bolsos novos em suas roupas. Se você usar um casaco ou moletom com um ziper na frente, você pode enfiar pequenos itens dentro do casaco e segurá-lo embaixo do seu braço com muita rapidez.


Você pode ir para um café corporativo pelo meio-dia, e insistir com muita raiva que quando você passou lá naquela manhã para pegar café para todos no seu escritório, você pediu leite de soja no café ― e só foi descobrir que eles haviam posto leite de vaca quando você chegou no trabalho com os doze cafés.


Você não precisa esconder itens para roubá-los ― às vezes é melhor simplesmente sair da loja com eles. Em um mercado, pode haver uma porta lateral por onde você possa sair com o carrinho cheio direto para o estacionamento.


Para aplicar o mesmo princípio em uma escala menor, carregue um item caro na sua mão esquerda ou embaixo do seu braço esquerdo enquanto você paga por um item mais barato com a sua mão direita. Incrivelmente, os funcionários não irão notar o outro item. Eu tive que fazer isso por acidente antes de acreditar que funcionava, mas funciona. O melhor disso é que você não escondeu nada ― se o caixa notar, irá parecer um simples engano, e você pode comprar o item, supondo que você tenha dinheiro suficiente. Se não tiver, você tinha ficado com ele em separado porque queria verificar o preço. Como você é desligado! Um dica: quando for usar esta técnica, tenha o dinheiro já pronto antes de entrar na fila; você não quer ficar remexendo na sua carteira com só uma mão.


É claro, se você pode usar ou consumir o produto dentro da loja, você não precisa se preocupar sobre como tirá-lo da loja.


Golpes e TruquesEditar

Caso você precise de dinheiro ou uma mercadoria que é muito difícil de roubar, você pode levar um item roubado até o balcão de trocas, alegando tê-lo comprado; cada vez menos lojas darão seu dinheiro de volta ou efetuarão uma troca se você não tiver um recibo, mas existem maneiras de enganar essas lojas também. Eu descobri que em golpes de devolução, é menos suspeito se você colocar o item em algum tipo de bolsa ou na sua mochila, entrar em uma fila normal e perguntar: "Eu posso fazer uma devolução aqui?" Eles o mandarão para o balcão de devoluções; isso dá uma impressão melhor do que simplesmente caminhar até o balcão de trocas de dentro da loja. Melhor ainda, retire o produto da loja e peça a um amigo que vá devolvê-lo, ou volte outro dia. Desta forma, no máximo irão lhe prender por roubo de mercadorias, que geralmente é menos sério que "obter propriedade ou dinheiro dando informações falsas".


Você pode escrever para empresas informando que você realmente gosta do seu produto, ou que você ficou chocado ao descobrir que tinha comprado um item defeituoso, ou que o seu filho tinha se tornado vegetariano e você queria lhe dar vales para leite de soja no seu aniversário ― eles provavelmente lhe darão cupons grátis.


Lingeries e acessórios femininos são os itens perfeitos para homens devolverem. O estereótipo do homem sempre erra quando compra coisas para a sua namorada, esposa ou mãe. Quando se trata de lingerie, é fácil para um cara com um olhar sentido conseguir a simpatia e uma troca ou devolução rápida. Como na maior parte das trocas, isto funciona muito bem na época do Natal.


Você pode danificar levemente ou arranhar um item que você precisa e levá-lo até o balcão. Tente devolver o item, e deixe o empregado descobrir que ele está danificado e recusá-lo a fazer a troca. Haja como um cliente irritado e saia da loja com o item. Se o empregado não notar e lhe der crédito na loja ou dinheiro, você pode voltar para a loja e conseguir o produto não danificado, se você estiver a fim. Outra opção é apenas danificar o produto ou jogá-lo em uma lixeira dentro da loja e esperar que apareça na lixeira da calçada.


Se você precisa de um equipamento caro para filmar um documentário, gravar um disco ou apenas para assistir um filme com os seus amigos, você pode comprá-lo em um lugar com uma política de devolução que lhe dê tempo suficiente para cuidar das suas necessidades, antes do período de experiência acabar, para que você possa devolvê-lo e pegar o seu dinheiro de volta.


Você pode retirar um produto caro da sua embalagem e colocá-lo em uma caixa com um preço mais baixo. Esteja preparado para bancar o cliente irritado caso o caixa perceba. Não faça isso com calçados ― os funcionários geralmente verificam; ao invés disso você pode experimentá-los, deixar os seus sapatos velhos na caixa, e sair andando da loja. Também pode ser possível esconder um item pequenos, mas caro, dentro de outro item grande, mas barato, e comprar este.


Em muitas lojas, você pode entrar no estoque e pedir caixas de papelão para uma mudança. Tenha várias pessoas prontas para carregar muitas caixas vazias, exceto por uma ou duas que rapidamente se encherão enquanto você vai até a porta. Não as deixe muito pesadas ― elas têm que parecer leves como o ar quando você as leva embora.


Duas pessoas podem trabalhar juntas, uma recolhendo itens, removendo suas etiquetas magnéticas, e colocando-as em algum lugar, o outro vindo mais tarde e pegando os itens preparados rapidamente.


Provadores são ótimos para cortar etiquetas de segurança. Você pode costurar os buracos mais tarde. Se um vendedor contou os seus itens quando você entrou no provador, fique com ele não mão quando sair.


Finalmente, se você for um hacker de computadores ou designer gráfico, você pode imprimir as suas próprias etiquetas de código de barras. Para conseguir os produtos com preços mais baixos, substitua o código de barras pelo de um produto similar; para acabar com o sistema de caixas de uma loja, distribua aleatoriamente as etiquetas pelos produtos da loja.


PrecauçõesEditar

Como as leis mudam de estado em estado, e de país em país, é bom conhecer as leis e penalidades locais. Por exemplo, se você está em uma área onde você vai para prisão por roubar mercadorias no valor acima de R$100, você pode escolher roubar apenas R$99 em mercadorias de cada vez.


Observe pelas vitrines de uma loja as câmeras, antes de entrar; preste atenção em sensores de alarme, seguranças e verificadores de recibos. Se você for procurar por câmeras no teto quando estiver dentro da loja, mova os seus olhos, não sua cabeça.


Geralmente, é melhor não colocar um item no bolso até você ter saído do local onde você o pegou. Pense em quais áreas de loja estarão recebendo atenção especial da segurança ― departamentos com produtos pequenos e caros, prezados por ladrões, por exemplo. Leve os seus itens até estantes cheias de itens grandes e baratos. Por exemplo, coloque a escova de dentes no seu carrinho enquanto você está na seção de higiene pessoal, desembrulhe-a e esconda-a na seção de papéis higiênicos.


Sempre procure etiquetas de seguranças dentro das embalagens ― dentro das caixas de CDs, por exemplo. Se você ver que a loja tem um sistema de alarme, geralmente é mais seguro retirar os itens completamente de sua embalagem.


Quando for sair de uma loja com etiquetas de segurança, sincronize a sua passagem pelos sensores com o tráfego de outros consumidores. Se ele disparar, continue caminhando. Alarmes falsos não são incomuns, e quanto mais consumidores houver, mais confusão haverá para cobrir a sua fuga.


Mantenha os olhos abertos para consumidores vigilantes que podem denunciar você ou tentar fazer uma prisão civil.


Espelhos planos quase sempre têm alguém vigiando do outro lado. Para ficar seguro, suponha que alguém realmente está observando você. Em espelhos arredondados, se você não pode ver o empregado, ele não pode lhe ver ― mas tenha cuidado, às vezes há câmeras atrás deles.


Problemas no ParaísoEditar

Se você disparar um alarme, continue andando e ignore ele; a reação dos funcionários geralmente é lenta, acostumados a alarmes falsos, ou tímidos demais para acusar as pessoas a menos que elas hajam como culpadas. Se for necessário, você pode conseguir entrar em uma loja próxima e se livrar do item.


Se você for pego e houver abuso por parte dos seguranças da loja, funcionários ou polícia particular, fique indignado e ameace processar a empresa. Processos judiciais feitos por ladrões de mercadorias cujo direitos foram violado na sua apreensão representam um grande custo para os varejistas, e ameaças podem colocá-los na defensiva. Se você planeja seguir este caminho, é melhor saber de cor os seus direitos para que você possa encher os seus corações de medo de tanta precisão.


Pode ser bom levar dinheiro suficiente para comprar os produtos caso você seja pego. Ás vezes a loja vai se satisfazer com isso e deixar as autoridades de fora.


Se os empregados virem as suas mãos nos bolsos, tente tirar algum dinheiro para contar ou uma lista de compras para dar uma olhada.


Se você for fazer uma devolução e eles o estiverem tratando como um ladrão, fique firme. Lembre-se você é um cliente que comprou o item errado e nem imagina a possibilidade de arcar com o prejuízo. Se o gerente vier e começar a dizer não, não vá embora como um cão que apanhou. Peça para ver uma cópia das políticas de devolução da loja. Fique furioso: você vai reclamar por escrito; você vai chamar o Procon; você vai escrever cartas para os jornais; você foi um cliente fiel por anos; você não quer mais uma troca, você quer o seu dinheiro de volta para gastá-lo em lugares onde ele será apreciado. É claro, não fale esses absurdos ao menos que você tenha roubado o item em uma outra visita ou de outra loja.


Se um segurança de loja estiver vigiando você, não mostre que você sabe. Se você tiver que se livrar da mercadoria, faça-o tão cuidadosamente quanto você escondeu ― você não quer ser pego se livrando dela. Se você for pego largando algum produto, alegue um erro ou uma consciência pesada e mantenha a sua história.


Especialistas aconselham os seguranças e gerentes das lojas a procurar por movimentos anormais dos olhos e do pescoço. Olhos assustados, nervosos, que se movem demais, denunciam tudo. Especialistas também avisam sobre ladrões que fazem vigilância reversa, olhando para toda loja, especialmente para o teto onde as câmeras podem estar. Um ladrão nervoso pode se assustar facilmente mesmo quando abordado casualmente. Um ladrão com os nervos à flor da pele pode olhar para trás ou parar por um instante antes de sair ou passar por alarmes, ou bocejar ou agir de forma exagerada. Fique consciente de todos estes comportamentos. Quando você sair, ou você é suspeito, ou não; de uma forma ou de outra, já está feito. Se você não estiver sob suspeita, não a atraia no último momento; se você disparar um alarme ou for perseguido, uma última olhada antes de sair não vai lhe ajudar em nada.


Ataques CoordenadosEditar

Se bastante pessoas estiverem prontas para a guerra, você pode deixar os subterfúgios de lado e montar um ataque frontal. Todo mundo deve se vestir da forma mais comum possível, e entrar na loja um a um. Quando todos estiverem dentro da loja com seus cestos cheios, alguém dispara o alarme de incêndio ou cria outra distração similar, dando o sinal para todos saírem pela porta. Uma tática tão agressiva está fadada a provocar a resposta mais agressiva que a corporação conseguir, mas ela coloca o assunto do acesso a bens materiais na mesa, e pode inspirar outros ou até mesmo permitir com que eles também saiam sem pagar. Contanto que você seja cuidadoso para não denunciar o seu plano antes do tempo, você pode combinar esta tática com uma campanha publicitária sobre ela: "Quinta-feira, dia 01 de maio é dia de comprar de graça na Consumo de Produtos S.A.! Venha tirar vantagem dos nossos preços mais baixos de todos os tempos, e aproveite este espetáculo de gratidão a todos nossos clientes. Oferta limitada a um cesto de mão por comprador, entre as 13h e 17h ― 100% de desconto, tudo tem que ir!"


Para uma combinação épica de uma ação-para-paralisar-a-loja e ação-para-tirar-proveito-da-política-de-devolução, você pode ir para um hipermercado que oferece uma garantia do seu dinheiro de volta e comprar todo o seu estoque de um produto que está tendo uma demanda especial ― e depois devolver tudo no dia seguinte, repetindo quando quiser.


Você pode fazer um relato em vídeo sobre uma viagem através do país sem comprar uma câmera de vídeo; simplesmente vá para uma loja que venda equipamentos de vídeo todo dia, e coloque a sua fita no modelo do mostruário e grave o depoimento daquele dia.


Você pode conseguir um emprego em uma companhia que você não respeita que tem um recurso que você precisa ― fotocópias, revelação de filmes, comida, informação, artigos de desenho ― e ficar nele pelo tempo necessário para contrabandear o que você quer; um círculo de amigos pode fazer isso juntos, cada um fornecendo um recurso diferente.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória