Fandom

Protopia Wiki

Rumo ao Grande Êxodo: O Ressurgir do Comunalismo Experimental

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

AltDelCtrl

EnsaioEditar

Foi em julho de 1894 que um homem chegou finalmente às florestas de Ardenas, na região de Ainglemont. Sua única companhia era sua cadela Néra, trazia nas costas uma grande caixa com ferramentas, pregos e ferragens, e algumas trouxas com livros, roupas e alimentos. Seu nome era Jean Charles, no meio libertário o conheciam por seu sobrenome que fora o nome de seu pai, que a seu tempo também fora um grande lutador social durante a comuna de Paris, chamavam-lhe Fortuné Henry.

Sua família ganhara alguma notoriedade novamente na França da última década do século XIX: seu irmão mais novo, Émile Henry tornara-se um vingador libertário após cometer dois atentados violentos contra a burguesia e o aparato repressor parisiense. Ambos se deram em represália às execuções de Ravachol e de Vaillant e também em protesto aos muitos operários mortos num conflito entre trabalhadores e policiais ocorrido anos antes no largo de Clichy.

Jean Charles estava na prisão ao saber da morte de seu irmão, há apenas alguns anos ambos haviam se tornado anarquistas. Movidos por um senso de justiça raro os dois haviam rescrudescido na luta de classes, assumindo a propaganda pela ação vinculada ao atentado político como estratégia. No entanto, Jean Charles havia sido preso por distribuição de material considerado subversivo pouco tempo antes da prisão e da execução de Émile. A morte de um levaria o outro a reflexões críticas profundas sobre fins e meios que por sua vez se converteria na busca por outras estratégias.

Seria no comunalismo experimental que Jean Charles encontraria uma nova forma de propaganda pela ação. A possibilidade de criar uma comunidade libertária experimental passou a ocupar integralmente seu tempo, dando origem a eventos e conferências, escritos em jornais e a busca permanente por pareceiros. Em menos de um ano Jean Charles estava com tudo planejado, partiu de Paris no trem com destino a Aiglemont.

Adentrou na floresta do departamento de Ardenas buscando um lugar para a nova comuna. Aqueles ideais estavam vivos em sua história, criar, manter e viver uma comuna libertária, um projeto que quase levou seu pai a guilhotina. Por escolha tornaria-se ele um fundador, partiria naquela grande aventura e no dia 14 de julho de 1894 daria início a fundação da Colônia O Ensaio.

Libertários como Fortuné Henry existiram por todo o século XIX, fazem parte de uma longa linhagem de homens que perceberam a relação intrinceca entre poder, produção e organização socio-espacial, pessoas como Robert Owen e Charles Fourier que antes de serem difamados pelos marxistas (sempre vulgares) com o rótulo de "socialistas utópicos" ousaram imaginar espaços de convivência libertária, falanstérios, formas comunais exuberantes onde a experimentação da liberdade e da igualdade compartilhadas estaria refletida nas estruturas físicas e sociais criadas e mantidas pelos seres humanos e suas vidas.

Rumo ao desconhecidoEditar

A Atualidade da proposta comunalistaEditar

Saberes autóctonesEditar

Construindo o Grande ÊxodoEditar

(continua)

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória