Fandom

Protopia Wiki

P.S.: Uma Luta de Classes Onde Todos Podem Participar

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

A pobreza contra a qual lutamos através da história não é meramente a pobreza de bens materiais; o tédio e a desorientação vivenciados pelos membros das classes média e alta nas ricas nações industriais de hoje têm revelado a pobreza da própria existência Ocidental.


Os problemas que enfrentamos hoje não podem ser associados somente ao conflito de classes. Não é simplesmente o fato de que a classe dominante lucra às custas do proletariado, pois vemos que o lucro obtido por aqueles com capital não torna suas vidas mais plenas. Não importa se uma mulher está na prisão, em um reformatório, em uma maquiladora, em um gueto, em uma universidade de prestígio, em um condomínio financiado ou em uma mansão com piscina e quadra de tênis, de qualquer forma ela está presa. Todos sofrem com o status quo de hoje, embora de formas diferentes; mas quer um homem esteja passando fome com seu salário mínimo, exausto por suas repetitivas responsabilidades no escritório, ou confuso pelo sentimento de futilidade que vem com a aquisição de bens materiais sem objetivos, ele tem interesse em lutar por mudanças. Então todos nós, ricos e pobres, devemos nos unir para mudar nossa situação.


Isto também significa que não existem os míticos "Eles". Incontáveis movimentos radicais e críticos sociais contaram com este conceito para motivar as pessoas cultivando o ódio aos "maldosos orquestradores" do sofrimento humano, os inimigos que conspiram contra nós. Mas este tipo de pensamento serve apenas para nos colocar uns contra os outros, e quer estejamos divididos em classes, cores, ou de acordo com outras categorias, tiramos nossa atenção do que realmente importa e atrasamos o nosso progresso. Nosso verdadeiro "inimigo" são as forças e padrões sociais que atuam entre nós, e são estas forças que temos que entender e combater.


Isto não quer dizer que não existam indivíduos cujo comportamento é particularmente perigoso aos outros seres humanos, até o ponto em que ele perpetua e intensifica o atual estado de emergência. Mas mesmo se estes indivíduos têm intenções negativas em direção aos outros, é improvável que eles tenham um entendimento claro das condições extremamente complicadas para as quais estão contribuindo. Nossas relações sociais e econômicas são nocivas de maneiras tão complexas que nenhuma sociedade secreta composta pelos mais brilhantes gênios do mal poderia ter nos posto nesta situação.


E não deixe ninguém dizer que estes indivíduos estão se beneficiando às custas do resto da população. Se ganhar riquezas materiais e status em uma sociedade assassina realmente é se beneficiar, então devemos apenas deixar as coisas como estão e gastarmos nossas energias em combater os outros para chegar ao topo deste monte de merda. Se a vida destas pessoas não é tão pobre quanto as nossas, todo nosso sistema de valores está falido. É compreensível que alguns de nós sintam inveja sobre o controle desproporcional sobre os recursos de nossa sociedade... mas não é ter coisas ou status que torna nossa vida boa, é?

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória