Fandom

Protopia Wiki

O Mundo Secreto

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Espere Resistência
CrimethInc

O assim chamado "mundo real" é apenas uma fachada. Puxe as cortinas e você verá que as bibliotecas estão cheias de fugitivos escrevendo novelas, as estradas cheias de foragidos e simpatizantes, recepcionistas e mães sensíveis estão puxando as correntes por uma chance de mostrar como elas ainda estão cheias de vida... e todo aquele papo sobre praticidade e responsabilidade são apenas ameaças e blefes para evitar que estendamos nossas mãos e descubramos que o paraíso está ao nosso alcance.


HÁ UM MUNDO SECRETO ESCONDIDO NESTE AQUI.


Você pode senti-lo no choque e no brado de um inesperado primeiro beijo, ou no sangue na sua boca naquele instante após o acidente quando você se dá conta de que está vivo. Ele flutua no vento que você sente nos telhados de uma ousada noite de aventuras. Você o ouve na mágica de suas canções favoritas, como elas lhe fazem flutuar e lhe transportam de formas que a ciência e a psicologia nunca poderão relatar. Talvez você tenha visto provas dele rabiscadas nas paredes de banheiros num código que você não conseguia decifrar, ou você conseguiu distinguir um pálido reflexo dele nos filmes que supostamente devem nos manter entretidos. Ele está entre as palavras quando falamos dos nossos desejos e aspirações, oculto em algum lugar abaixo das limitações do que acreditamos ser possível e permissível.


Quando os poetas e radicais ficam acordados até o nascer do sol, quebrando suas cabeças para conseguir a perfeita seqüência de palavras ou feitos para encher com fogo os corações das cidades, eles estão tentando encontrar uma passagem secreta para ele. Quando crianças fogem pela janela para passear tarde da noite ou defensores da liberdade procuram por uma fraqueza nas fortificações do governo, eles estão tentando invadi-lo ― pois eles sabem melhor do que o resto de nós onde as portas estão escondidas. Quando adolescentes vandalizam um anúncio publicitário para provocar perseguições com a polícia que durarão a noite inteira ou quando anarquistas interrompem um protesto ordeiro para quebrar a vitrine de um escritório de recrutamento do exército, eles estão tentando arrombar os seus portões. Quando você está fazendo amor e você descobre uma nova sensação ou região do corpo do seu amante, e vocês os dois se sentem como exploradores descobrindo um oásis no deserto ou a costa de um continente desconhecido ― como se vocês fossem os primeiros a alcançar o pólo norte ou aterrissar na lua ― você estão mapeando as suas fronteiras.


Alguns o encontram na sensação de perigo: o sentimento de que, por um momento que parece eclipsar o passado e o futuro, algo real está em jogo. Para outros, é um lugar de segurança e santuário em um mundo de brutalidade e destruição insensatas.


Talvez você tenha tropeçado nele por acidente uma vez, maravilhado com o que encontrou. O velho mundo se despedaçou atrás e dentro de você, e nenhum físico ou metafísico poderá jamais montá-lo novamente. Tudo antes disso lhe parece trivial, irrelevante, ridículo enquanto os horizontes se expandem ao seu redor e novos caminhos jamais sonhados se oferecem a você. E talvez você tenha jurado jamais voltaria para o lugar de onde você veio, que você viveria o resto da sua vida eletrificado por essa urgência, essa emoção da descoberta e da transformação ― mas você voltou.


O bom senso dita que este mundo só pode ser vivenciado temporariamente, que ele é apenas o choque da transição e nada mais; mas os mitos que compartilhamos ao redor de nossas fogueiras contam uma história diferente: nós ouvimos falar de mulheres e homens que ficaram lá por semanas, anos, que nunca voltaram, que viveram e morreram como heróis. Nós sabemos, porque o sentimos naquela parte ancestral dos nossos corações que guarda a memória de liberdade de um tempo antes do tempo, que este mundo secreto está por perto, nos esperando. Você pode vê-lo no brilho dos nossos olhos, em nossas danças e casos amorosos, no protesto ou na festa que sai do controle.


Você não é o único tentando encontrá-lo. Nós estamos aqui também ― alguns de nós estão inclusive lá na frente, lhe esperando. Por favor, saiba que tudo que vocÊ já fez ou pensou em fazer para chegar lá não é loucura, mas é belo, nobre, necessário.


Quando falamos de revolução, a idéia é que possamos entrar neste mundo secreto e nunca mais sair ― ou que possamos destruir este mundo aqui, para revelar completamente o que está abaixo dele.




Também acontece de, se você se mover ao longo dos muros compactos dessa cidade, quando você menos espera, você vê uma rachadura se abrir e uma cidade diferente aparecer. Então, um instante depois, ela já desapareceu. Talvez tudo dependa de saber quais palavras falar, quais ações executar, e em que ordem e ritmo; ou talvez o olhar, a resposta, o gesto de alguém seja o suficiente; é o suficiente alguém fazer algo pelo puro prazer de fazê-lo, e para o seu prazer se tornar o prazer dos outros: nesse momento, todos espaços mudam, todas alturas, distâncias; a cidade fica transfigurada, se torna cristalina, transparente como as asas de uma libélula. Mas tudo deve acontecer como que por acaso, sem dar muita importância a isto, sem insistir que você está executando uma operação decisiva, lembrando-se claramente que a qualquer momento


a velha cidade vai retornar e soldar o seu teto de concreto, neon e fuligem sobre nossas cabeças.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória