FANDOM


Gary Snyder


Seriam bastante

Uma cordilheira de granito, uma árvore,

Ou mesmo uma rocha, um pequeno arroio,

Lascas de madeira na água brotando.

Colina após colina, dobradas e retorcidas,

Rijas árvores comprimidas

Nas fraturas delgadas dos rochedos.

E um luar fulgurante em tudo,

talo excesso.

O pensamento vagueia. Verões

Incontáveis, o ar noturno se cala e os rochedos

Guardam o Sol. Céu sobre montanhas infinitas.

Toda a impureza que acompanha o homem

Dilui-se, duras rochas se abalam,

Até o espesso presente parece abandonar

Esta bolha de um coração.

Palavras e livros

Como um arroio saltando do alto penhasco

E se evaporando no ar seco.

Um claro, cuidadoso espírito

Não possui propósito, mas o que

Observa é enxergado com verdade.

Ninguém ama as rochas, contudo estamos aqui.

Calafrios da noite. Um meneio

No luar

Entra na sombra do junípero.

Ali atrás os invisíveis

Frios e orgulhosos olhos

De uma puma ou de um coiote

Contemplam-me levantar e partir.



Textos

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória