Fandom

Protopia Wiki

Meios Energéticos/Roda de partes de bicicleta e Discos Rígidos

< Meios Energéticos

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Roda Geradora de Eletricidade feita de partes de bicicleta e de imãs de discos rígidos

Construção: thumb|300px|right

Instalação: thumb|300px|right

O tutorial abaixo foi extraído de um email gentilmente compartilhado pelo Peetssa e que deixo registrado por aqui para uma maior difusão deste conhecimento tão precioso para a preservação de nosso planeta -- fabs.

O principio da Corrente Induzida Magneticamente é simples. Todo imã tem as polaridades positivo e negativo (alguns preferem dizer norte e sul) portanto quando posicionamos os imãs lado a lado os opostos se atraem formando um circulo que contém a intermitencia + - que são colocados em movimento ciclico (ex: roda da bicicleta com os imãs colados lado a lado radialmente). Em outro disco que se mantem estático posicionamos as bobinas de fio de cobre esmaltado que "captam" esta intermitencia dos imãs gerando uma corrente alternada + -. É fundamental marcar todo começo e final de cada bobina, pois se ligar alguma invertida ela anula o resto da fase.

As bobinas tem que ser padronizadas, ou seja, devem conter a mesma quantidade de voltas (chamadas espiras), enroladas na mesma direção (caso contrario tambem anula a fase) e dimensionadas conforme as necessidades. Este dimensionamento é empírico, testes, testes, testes, haja testes... A quantidade de voltas determina a tensão (voltagem) e a bitola do fio determina a corrente (amperagem). No caso do gerador P2RCA do video utilizamos fio de cobre 0,8mm com 200 voltas cada.

Para a montagem é necessário seguir uma geometria especifica que, no caso de um gerador de 7 fases, cada fase é um hexagono com uma bobina em cada vértice, portanto 7 hexagonos com 6 bobinas cada. Uma vez que você consegue este circulo que contem os 7 hexagonos voce precisa fixar os imãs de forma que as 6 bobinas do hexagono sejam estimuladas no mesmo instante pois no instante seguinte os imãs estimularão a proxima fase ou hexagono. É uma matemática um pouco estranha mas para 42 bobinas (7X6) utilizamos 24 imãs.

A quantidade de imãs é relativamente proporcional à quantidade de energia gerada, portanto dentro da circunferencia do disco de imãs couberam apenas 24. Pode-se utilzar mais ou menos bobinas o importante é que seja um número divisivel por 6 para garantir que o disco de imãs contenha os hexagonos. No video citamos 48 imãs e 84 bobinas pois fizemos dois geradores em um para melhor aproveitamento da energia cinetica.

A energia gerada é AC (corrente alternada) e as baterias que utilizei no banco de baterias é DC (corrente contínua). Para resolver esta questão a corrente passa por uma "ponte de retificação", ou seja, a onda senoide gerada pela AC (onda senoide é aquela que se lê nos osciloscópios) é cortada em seu picos e vales formando assim uma curva cortada onde o diferencial de polaridades fica mais próximo e a corrente mais "reta". É basicamente uma linha tracejada. A ponte de retificação é feita simplesmente com 4 diodos para cada duas fases.

Os diodos funcionam como válvulas, a corrente vai mas não volta e tem que ser ligados dois com a "bundinha" pra baixo (terminal negativo) e outros dois com a "cabeça" pra cima (terminal positivo). O que determina o sentido é a linha que existe no diodo que diz pra que lado a corrente correrá. Ligando um ao outro pelas outras duas pontas do diodos que sobraram se obtem as entradas da AC. Procure sempre super-estimar seu gerador pois após a retificação há uma perda considerável de aproximadamente 2/3, por exemplo, se você conseguiu 21vAC obterá apenas 7vDC. A velocidade de rotação do gerador é outra equação incompreensivel pois quando você dobra a velocidade a corrente triplica. Esta especificidade me pôs a desenvolver um gerador com circunferencias menores para poder girar mais rápido sem estresse dos materiais. imagina uma roda de bicicleta girando a 1200RPM, o sistema não deve suportar nem um ano.

Para armazenar energia utilizei na Canhambora 6 baterias de no-break (12vDC/7Ah), chamadas estacionárias seladas de baixa manutenção, recondicionadas que custam R$ 25,00 cada. Uma bateria de carro custa R$120,00 e não suportam muitos ciclos de carga e recarga, devem durar no máximo um ano enquanto as estacionárias (sempre relativo à demanda e uso) duram entre 2 a 4 anos. Pelo menos o no-break que tenho em casa está trabalhando a 5 anos.

Para carregar as baterias é importa pensar na qualidade da carga. Se a bateria é 12v o ideal é chegar até ela 14,5v (conforme os alternadores de carros) com baixa amperagem. É chamada carga lenta que demora mais pra carregar porém também dura mais. Após o banco de baterias, no caso de utilização de equipamentos 110v, pode-se utilzar um inversor 12vDC/110vAC. Caso não tenha equipamentos 110v podemos fazer a rede eletrica com 12v ou menos. Na Canhambora fizemos toda a iluminação com sistema de LED pois consomem apenas 4,5v/800mA, ou seja, em um banco com 6 baterias de 7Ah temos 42Ah, o sistema LED utilza no máximo 1A deixando 41A livres.

Para dimensionar o banco de baterias é necessário saber previamente o consumo em watts do estabelecimento. Por exemplo: 1 geladeira 120w + 1 TV 80w + 150w de iluminação (10 lampadas econômicas de 15w cada) = 350w. Para saber quantos watts você tem é só multiplicar a tensão(volts) pela corrente (amperes). Por exemplo: 6 baterias de 7 Ah cada = 42Ah X 12vDC = 504w. Considere sempre a perda de 25% da corrente entre resistencia, dissipação térmica, etc... 25% de 504 = 126, 504 - 126 = 378w, portanto meu sistema comporta o consumo descrito anteriormente. O ideal é sempre dar uma folga para o sistema como 400 ou 500w. O banco de baterias da Amazonia está com 8baterias X 7Ah cada = 56Ah X 12vDC + 672w. Utilizei um inversor 700w e pretendo consumir apenas 400w com geladeira, iluminação a LED, radio-comunicação 12v e baterias de radio, laptop, pilhas recarregaveis de lanternas.

O gerador da Amazonia fiz com 120 imãs e 120 bobinas com 600 voltas cada e bitola 0,4mm, consegui 30v em 1/2 fase a 400RPM. Lembre-se sempre que ligações em serie somam voltagem e em paralelo somam amperagem. Assim pode-se ligar as fases em serie até atingir a voltagem desejada para depois ligar as restantes em paralelo para aumentar a amperagem.

http://www.youtube.com/watch?v=l-z0lIgBNI4

http://www.youtube.com/v/uWa5vC_KwSI

É muita coisa mesmo para pensar, mas todos nós sabemos que o que é sustentavel dá mais trabalho, por isso que o mundo prefere queimar petroleo ou inundar grandes areas para hidreletricas. Tudo pelo mais fácil.

Estou nesta pesquisa a apenas 4 meses mas já aprendi bastante fuçando e perguntando e acredito plenamente que todo o conhecimento adquirido tem que ser compartilhado e difundido. Infeliz é aquele que quer tudo pra si.

Seguem desenhos das ligações das bobinas e da ponte de retificação. Mando tambem um breve video do meu ultimo prototipo para a Amazonia. Quando eu voltar da Amazonia editarei um video como o da Reserva Canhambora. A ideia é fazer videos-manuais de construção de geradores com lixo tecnologico. Tenho chamado este principio de ENERGIA ALTERNATIVA "LIMPADORA" pois vai além da energia LIMPA por limpar o lixo tecnologico das grandes metropoles.

Infelizmente acho que em lagos não é possivel gerar energia pois voce necessita de energia cinética que existe apenas na água corrente (no caso água). No mar é possivel pois ele oscila constantemente, mas em um lago a agua está praticamente parada. Para materiais graficos, informações, etc... entre em contato com o Mauro Souza, meu parceiro no crime: mauro.a.so (at) gmail.com

Dá uma olhada no meu site que tem outras investidas interessantes!

Valeu irmão!!!

Sinto que há realmente uma revolução em andamento.

Lutando sempre até outro começo...

Com as próprias mãos...

TODOS TEM PODER PEETSSA

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória