Fandom

Protopia Wiki

Kene

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Bolo'Bolo (livro)
P.M.


Kene.gif

Nos contatos com outros ibus ou bolos, podem surgir certos acordos quanto a iniciativas conjuntas, não apenas troca de informações mas também a organização do trabalho em comum. A participação de cada bolo seria voluntária, mas é claro que os bolos que preferissem não cooperar não teriam direito a participar automaticamente e se beneficiar do acordo. A organização social é uma armadilha; em bolo’bolo, o preço de ser pego nessa armadilha pode ser kene, o trabalho externo compulsório.

Empresas comunitárias como hospitais, suprimento de energia elétrica e de água, tecnologias de ponta, preservação do ambiente, transportes, meios de comunicação, mineração, produção em massa de produtos selecionados, refinarias, siderúrgicas, centrais de tratamento de água, estaleiros, indústria aeronáutica, etc., requerem um certo número de ibus dispostos a trabalhar. É provável que a maioria se apresente voluntariamente, ou seja, eles podem até realizar suas paixões produtivas em empresas assim. Por outro lado, esse setor será drasticamente redimensionado e inteiramente determinado pela vontade das comunidades participantes. (Navios não têm que ser construídos; o ritmo e qualidade do trabalho serão definidos por aqueles que o fizerem; não há salários nem patrões; não há pressa nem lucratividade.) A atividade industrial dos bolos, cidades ou regiões (sem nada a ver com a iniciativa privada) será relativamente mansa, inofensiva e de baixa produtividade, e nunca mais tão repulsiva para os ibus envolvidos com ela. De qualquer modo, é razoável organizar algumas fábricas ou instituições centralizadoras em escala maior: uma usina siderúrgica de tamanho médio, cuidadosamente planejada e ecologicamente equipada polui muito menos do que uma fundição no quintal de cada bolo.

Assim, se um certo número de bolos ou outras comunidades decidissem levar adiante essas empresas médias, e não fosse possível encontrar ibus suficientes com inclinação para tais trabalhos, o que poderia ser feito? Deveria haver um apoio, e este serviço de apoio (kene) seria distribuído entre as comunidades participantes e declarado compulsório. Em troca, elas receberiam grátis os bens ou serviços produzidos.

A quantidade de kene (trabalho social ou externo) depende da situação. As sociedades mais tradicionais conhecem esse sistema, e em tempo de crise, ou quando o sistema econômico entra em colapso, elas voltam espontaneamente a ele se não forem tolhidas por intervenção estatal ou limite de propriedade. É imaginável que um bolo poderia dar 10% de seu tempo ativo (isto é, 50 ibus por dia durante algumas horas) para mutirões no município. Essa comunidade (tega) poderia repassar 10% de seu trabalho para a cidade (vudo), e assim por diante até atingir instituições planetárias. Dentro do bolo existiria um sistema de rodízio, ou outros métodos, dependendo dos hábitos e da estrutura. O resto do trabalho seria constituído de tarefas basicamente não-qualificadas e bobas, mas necessárias, embora provavelmente não satisfizessem nenhuma vocação pessoal. Para o ibu, individualmente, nem mesmo o trabalho que ele consente em fazer pode ser compulsório; ele sempre é livre para sai, mudar de bolo ou tentar tirar seu bolo desses acordos. Tudo isso será uma questão de reputação – munu. (Quer dizer, trabalhar compulsoriamente poderia arruinar a reputação de alguém.)



Bolo'Bolo (livro)
Pili Kene Tega

Textos

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória