Fandom

Protopia Wiki

Humilhando Corporações

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Receitas Para o Desastre
CrimethInc


As corporações não são humildes — elas precisam da nossa ajuda! Este é um exemplo de como uma seleção de diferentes táticas podem ser aplicadas simultaneamente a um mesmo alvo num movimentado dia de compras.


IngredientesEditar

  • Pelo menos uma dúzia de balões de hélio da sua cor favorita
  • Fita
  • Grandes folhas de papel
  • Tinta spray ou pincel atômico
  • Varetas para pipa
  • Muitos panfletos
  • Camisetas lisas
  • Crachá de funcionário da Marisa (se você for muito fodão)
  • O seu sorriso de vencedor


InstruçõesEditar

Esta ação é um ataque em três frontes na companhia de roupas que explora trabalhadores e destrói o meio ambiente da sua escolha. Os três componentes distintos da ação funcionam bem juntos ou individualmente, dependendo de quantas pessoas houver no seu grupo de ação. De cinco a dez pessoas é o número ideal para executar todos os três componentes simultaneamente.


A Faixa com BalõesEditar

Esta ação só funciona em locais fechados, especialmente dentro de um shopping center no qual a loja alvo está no andar superior. Prepare com antecedência uma grande faixa de papel reforçada com as varetas de pipa — por exemplo, "MARISA UTILIZA TRABALHO ESCRAVO". Grandes rolos de papel geralmente ficam guardados em escritórios de escolas de ensino médio para cobrir murais com diferentes cores. Se você não tiver acesso a papel, procure por uma roupa de cama bem fina em alguma lixeira.


A seguir, escolha com bastante antecedência um bom local no teto do shopping onde a sua faixa pode ficar pendurado com a máxima visibilidade mas fora do alcance dos seguranças. Na hora da ação, caminhe rapidamente até a área designada, amarre firmemente os balões à vareta de pipa na parte superior da faixa, e solte a faixa. Teste de antemão para ter certeza que você tem um número de balões suficiente para o peso da sua faixa.


Um pouco antes do teste que descrevemos na conclusão desta receita, outro grupo de afinidade soltou uma faixa com balões em uma livraria corporativa no seu dia de inauguração. Dois agentes entraram separadamente na loja, um, vestido de civil, com uma vareta e uma faixa enrolada com argolas na parte de cima escondida separadamente na sua pessoa, o outro vestido de palhaço levando balões. Como era uma ocasião festiva na livraria, a presença de um palhaço não atraiu nenhuma suspeita. A vareta foi presa nas argolas da faixa, a faixa foi passada para o palhaço, que amarrou os balões nela e a soltou, indo rapidamente para a saída com o segredo da sua identidade em segurança, graças à sua maquiagem absurda.


PanfletosEditar

Para complementar a faixa com balões, ou como uma ação em separado, imprima grandes quantidades de panfletos descrevendo a exploração de trabalhadores e destruição do meio ambiente pela corporação. Sempre que possível, tente incluir o testemunho dos próprios trabalhadores explorados ao invés de falar em nome deles; é possível encontrá-los facilmente na internet.


Para distribuir os panfletos com mais eficiência, nós recomendamos colocá-los entre roupas dobradas nas prateleiras e nos provadores (veja Cola de Farinha e Adesivando), onde os clientes irão lê-los antes de comprar qualquer coisa. Armado com uma pilha de panfletos do tamanho certo, você pode encher uma pilha de camisas ou calças com panfletos com rapidez e facilidade.


Dê boas-vindas os ClientesEditar

É aqui que o crachá e o sorriso serão úteis: prepare-se para seu novo emprego como recepcionista! Fique imediatamente do lado de fora da loja, e quando os consumidores entrarem, sorria e diga algo como, "Bem-vindo à Marisa, os preços e os salários mais baixos do mercado. Posso ajudar o senhor com alguma coisa?" Se você preferir uma abordagem mais sutil, tente escrever um slogan na sua camiseta e posar junto aos manequins — todos adoram um anarquista fofinho exibindo as últimas tendências coberto de slogans em uma caligrafia infantil como "Feito por crianças, para crianças."

RelatoEditar

A partir do meio dia em um Dia Anti-Compras há alguns anos, nós executamos todas as idéias acima com mais ou menos dez pessoas.


A primeira parte do plano, que foi intencionalmente omitida das idéias recomendadas acima, envolvia faixas presas a um dirigível de mais ou menos um metro de comprimento, controlado por controle remoto. A nave prateada era movida por dois propulsores de plástico. Apesar de toda sua beleza, entretanto, foi uma idéia problemática desde o princípio. Quando nós colamos as faixas com fita adesiva nas laterais do dirigível, embora tenhamos usado com um papel de presente muito fino, elas desequilibraram o dirigível a tal ponto que foi preciso afixarmos um balão surpresa apenas para que ele saísse do chão. Tudo isso significava mais peso e resistência do ar, e tornaram os antes eficientes motores a controle remoto em trastes inúteis.


Você pode colar um aviso escrito à mão em qualquer máquina de refrigerante para desencorajar aqueles que pensavam em comprar algo; "Estragada" é o mais tradicional, mas "come dinheiro" fala a verdade sobre todas as máquinas de refrigerantes — quer funcionem ou não.


Você pode usar espuma de poliuretano em aerossol para entupir qualquer coisa, desde buracos para moedas e notas em máquinas de refrigerantes, até leitores de cartão de crédito.


Você pode mandar páginas pretas para os faxes de sua corporação mais odiada para ocupar as suas linhas e usar toda a tinta de suas máquinas.


Apesar disto, seguimos com o plano e precisamente ao meio dia um amigo chegado e eu atravessamos as portas da praça de alimentação e lançamos o dirigível com a faixa para cima. Rapidamente nos misturamos à enorme multidão de compradores no dia seguinte à Ação de Graças e saímos discretamente enquanto o controle remoto foi passado de mão em mão pelo nossa equipe de pilotos amadores, que já estavam posicionados em mesas. O dirigível deu algumas voltas com sucesso sobre as cabeças de compradores furiosos. Surpreendentemente, ele não chamou muita atenção, mas as faixas — "PARE DE CONSUMIR, COMECE A VIVER" e "MAQUILADORAS = ESCRAVIDÃO, NÃO COMPRE NADA!" — estavam bem legíveis. Então, de repente com uma rajada de vento do ar-condicionado, o dirigível foi empurrado para um letreiro de neon gigante de uma lanchonete, onde ficou preso enquanto os seus propulsores giravam inutilmente. Um funcionário confuso começou a bater nele com um cabo de vassoura, e quando finalmente saiu do lugar há havia sofrido danos sérios. Infelizmente, apesar de outra corajosa tentativa de decolagem, ele nunca voaria novamente, e um dos seguranças arrastou-o através da multidão até o escritório do shopping.


O dirigível só durou dez minutos, mas o espetáculo hilário que ele deu levantou o nosso ânimo. Nós rapidamente nos reunimos em um ponto de encontro no estacionamento onde repartimos 600 panfletos entre os presentes e pegamos os balões e faixas de papel. Nós nos dividimos e voltamos ao shopping por diferentes entradas; alguns de nós se dirigiram à GAP, Abercrombie & Fitch, Sears, JC-Penney e American Eagle para distribuir os panfletos, enquanto três de nós caminhavam rapidamente até o local escolhido para o lançamento da faixa.


Eu estava segurando seis balões pretos e vermelhos enquanto eu andava a passos largos pelo departamento de jóias da JC-Penney. Nervoso, eu ficava olhando para o meu relógio, e fiquei aliviado quando eu cheguei na GAP precisamente no mesmo instante em que meus cúmplices, que carregavam a faixa e mais seis balões. Nós rapidamente amarramos tudo junto e deixamos voar até o teto de vidro. As longas fitas deixavam a faixa pendurada a uma altura legível que era completamente inalcançável pelos ganchos que logo foram atrás dela. Compradores se agruparam nos corredores e olhavam para a faixa acima de bocas abertas. Muitos estavam com nossos panfletos na mão!


Para proteger crianças de lavagem cerebral sobre o papel dos sexos, você pode trocar as caixas de voz de brinquedos corporativos e devolvê-los às prateleiras.


Neste momento, os seguranças falavam freneticamente nos seus walkie-talkies e olhavam para a faixa com descrença. Mais tarde, nós descobrimos que ao atingir o vidro os balões dispararam um alarme silencioso. A faixa ficou lá por quatro horas, até que uma grande plataforma pudesse ser erguida sobre ela e os seguranças finalmente conseguirem tirar ela de lá. Depois que os últimos dos panfletos foram escondidos nas roupas das prateleiras, que os remanescentes foram jogados do segundo andar, e que eu havia sido expulso de cinco lojas de roupas distintas (acabando com a minha carreira de recepcionista), nós nos encontramos do lado de fora e comemoramos uma tarde bem aproveitada. As conseqüências foram mínimas: alguns de nós foram banidos do shopping por um ano, um de nós que trabalhava num quiosque de pretzels no shopping foi demitido e ameaçaram nos denunciar por invasão de propriedade privada e perturbação da ordem, mas nunca fizeram nada.


Lições AprendidasEditar

As câmeras de segurança do shopping podem ser usadas com eficiência para identificar os participantes depois do evento. Máscaras são uma opção a ser considerada, mas essa abordagem também tem os seus problemas. Talvez a fantasia de palhaço descrita anteriormente seja a melhor solução.


Abordar os clientes diretamente pode ser surpreendemente eficiente. O comprador comum não pensa muito sobre onde suas roupas foram feitas, e provavelmente ficará tão indignado quanto você quando você compartilhar o testemunho de trabalhadores explorados com ele.


Faixas com balões são do caralho. Esqueça os dirigíveis: faixas têm um melhor custo-benefício, são mais fáceis de mirar e mais difíceis para a segurança remover.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória