Fandom

Protopia Wiki

Festas

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Receitas Para o Desastre
CrimethInc


IngredientesEditar

  • Várias pessoas que não se conhecem, mas deveriam.
  • Criatividade
  • Cronograma passo-a-passo ― opcional, mas aconselhável

InstruçõesEditar

Todos nós conhecemos algumas pessoas que seriam melhores amigos se fossem apresentadas. Uma maneira divertida de fazer todas essas introduções ao mesmo tempo é dar uma festa, que eu apelidei de Festa de Mútuos Desconhecidos, na qual você junta todos eles em um comodo na deliberada tentativa de criar um catalizador para o despertar de longas amizades. Você pode anunciar estas intenções, se você tiver algum tipo de vocação para ativista social, através de uma declaração pública ou então deixando explícitos os objetivos da festa; ou você pode simplesmente prover os crudités (vegetais crus cortados em pedaços) ou os crumpets (espécie de bolinho), e deixar todo o trabalho para os convidados. O problema de amizades criadas dessa maneira, é claro, é a sua fragilidade, e a alta probabilidade de uma das partes falhar em manter contato, então você talvez queira pensar em alguma maneira de encorajar seus convidados a tirar amizades mais solidas destas tentativas iniciais. Algumas sugestões imediatas pensadas incluem atividades suplementares como marcar outro encontro alguns dias depois, ou ter uma lista de nomes e telefones pronta para distribuição, ou um para-casa como uma troca de presentes... Na pior das hipóteses, com tantas pessoas maravilhosas na mesma sala, vai ser uma festa fantástica!


Me foi entregado, num show da Rah Bras, um papel dobrado com instruções de que eu não o abrisse até estar sozinho. Era um convite para vir, usando um disfarce, a um lugar em uma hora e data, e instruções de não contar a ninguém sobre isso. Quando eu cheguei ao endereço indicado, embrulhado em pedaços de pano, num calor de morrer da tarde da Carolina do Norte, eu tive meus olhos vedados e fui levado até uma sala escura, onde me colocaram ajoelhado no chão. Eu podia sentir outras pessoas ao redor de mim, senti-las respirando, movendo ao redor de mim, mas tinha sido instruído a não falar. Eventualmente, após ouvir outros serem trazido até o cômodo, eu ouvi a porta se fechar e o barulho diminuir. O som de água correndo começou, e então eu pude ouvi alguém manejando uma serra, o barulho era amedrontador e sobrenatural. Essa quietude era brutalmente interrompida por lanternas, brilhando intensamente através da venda, por barulhos altos e pelo cheiro de queimado. Uma mulher (a mesma amiga que tinha me dado o convite) falou sobre como contextos influenciam nas interações humanas, sugeriu que ao colocar pessoas em ambientes diferentes e não esperados nos podemos quebrar algumas das barreiras existentes entre nós, “quebrar o silêncio do isolamento”. Ela pausou. “Tem chá e café na outra sala”. Nós retiramos as vendas, e po um segundo eu não reconheço nenhuma das pessoas por trás dos disfarces. Então identidades começam a vir em foco, algumas mulheres eu conheço, incluindo minhas três colegas de quarto, algumas mulheres eu reconheço mas não conheço, e algumas mulheres são totais estranhas para mim. Já na cozinha, todos servidos de chá e café, a mulher responsável por tudo isso revela que ela queria fazer isso porque existiam tantas mulheres legais na cidade, mas nenhuma rede de amizade entre elas. Nós concordamos em tentar reforças as nossas recém feitas amizades e outras associações através de poderosas ligações e de diversão energizante, e decidimos que nossa primeira atividade seria um maciço jogo de assassino, levado adiante durante as próximas semanas, no qual nós todas éramos vítimas e tínhamos que evitar matar nós mesmas. Minhas colegas de quarto e eu suportamos uma série de ameaçadores telefonemas e cartas (as letras cortadas de revistas, é claro), uma boneca tatuada para se parecer com uma de nós foi enforcada numa árvore do lado de fora da casa, e idas torturadoras de nervos a mercearia. Eu consegui matar duas pessoas, mas fui pega no encontro final, num bar onde nós concordamos em nos encontrar de novo para ver quem tinha sobrevivido.


No final, nada mais veio daquela festa. Nós não nos encontramos de novo. A população feminina de Chapel Hill/Carrboro é agora talvez ainda mais mal conectada do que era antes. Nós éramos mulheres ocupadas, ativas, e não seguimos a iniciativa da nossa a miga. Mas eu ainda penso que é uma ótima idéia, mesmo que nenhuma de nós a faça funcionar perfeitamente.




  • Tradução de Renato Paulo de Magalhães


Receitas Para o Desastre
Relações Não-monogâmicas Festas Atirando Tortas

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória