Fandom

Protopia Wiki

Declaração dos Anarquistas Contra o Muro

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Anarquistas Contra o Muro

(Original em Inglês)


((carece de revisão))

5 de Janeiro de 2004

Nesses dias, com a construção do sistema de cercamento, valas e o muro da separação que rouba os campos e leva as pessoas a enclaves sem os meios necessários para sobreviver, quando centenas de milhares tem a saúde, educação e infra-estruturas essenciais tomadas e são forçados a escolher entre a tranferência "voluntária" ou a morte, é nosso dever como seres humanos lutar contra esse crime.

Obrigamos a abrir o portão Mas'ha para deixar uma brecha no muro do ódio e fornecer vida com nossas ações, reclamando alternativas à política de apartheid do governo israelense. Nós, a quem o futuro desta terra é importante, tendo o sistema de cercamento e o muro da separação não apenas como um enorme desastre para o povo Palestino, mas também como uma ameaça direta a nós e a todos que desejam uma vida segura e pacífica. Isso não é uma cerca de segurança. Isso é uma cerca racista separatista que causará derramamento de sangue a todos nós por muitos anos que virão.

Tentamos viver em nossas vidas diárias as mudanças que estamos nos esforçando para realizar. Nós trabalhamos em um espírito de inteira cooperação, sem líderes. Nossas decisões são tomadas por consenço e todos contribuem de acordo com suas habilidades. Acreditamos que justiça e igualdade são alcançadas pelo acordo voluntário entre as pessoas e que o Estado é apenas uma ferramenta agressiva de dominação de uma grupo étinico/elitista.

Somos realistas e entendemos que a abolição do sistema estatal não ocorrerá amanhã, mas todos os dias já podemos exigir um modo de vida "sem governantes e sem governados", "sem mestres e sem escravos". A ação direta é um ato democrático quando a democracia para de funcionar. O Muro de Berlim não foi desmantelado pelos governantes e acordos, mas pelos cidadãos que abateram-no com suas próprias mãos.

Desde que podemos lembrar, temos sido alienados com ódio e medo dos nossos vizinhos Palestinos. Não viajamos à zona rural sem escolta armada. Contaram-nos que nossas mãos são estendidas para a paz, mas não há ninguém para discutir. Mas essas mentiras foram expostas e são claras para todos que participam das ações contra a ocupação. Nós dormimos juntos debaixo das oliveiras (antes de serem arrancadas), nós marchamos juntos em direção a cerca e continuaremos juntos a lutar - Israelenses, Palestinos e internacionalistas, por justiça e igualdade para todos.

Por anos, boas pessoas clamam que quando a tranferência for promulgada, eles deitarão-se na frente das rodas dos caminhões e ônibus para bloquear esse crime. Mas a tranfesrência já está acontecendo nesse momento! Privando milhares de pessoas dos mínimos meios de vida não os deixa outra alternativa. Milhares estão deixando suas vilas para encontrar comida para seus filhos. A limpeza étinica está ocorrendo sob nossos olhos e nós temos apenas uma opção: usar os poucos direitos que temos, remanescentes da democracia israelense, e romper com o racismo e as leis imorais. Sim, destruir os portões e as cerca, bloquear as escavadoras com nossos corpos, entrar em áreas militares fechadas, e também transformar o inimigo em nosso amigo. A resistência Palestiane e Israelense continuará enquanto a ocupação, que é a infra-estrutura/raiz do terror, durar.


Anarchists Against the Wall



Textos

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória