Fandom

Protopia Wiki

A Ação de Estocolmo

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Dias de Guerra, Noites de Amor
CrimethInc


novembro de 1999


Numa imitação grotesca e burra dos sindicatos dos funcionários públicos da Suécia, que em alguns dias coloca trabalhadores voluntários extras a trabalhar de graça para mostrar como fariam melhor o seu trabalho se eles tivessem mais recursos, a polícia de Estocolmo anunciou que eles também teriam o seu dia "Estocolmo Segura". Neste dia toda a força policial, tanto os oficiais de serviço como os que estavam de folga, iriam patrulhar as ruas da cidade, com a proposta de mostrar que colocando mais vigilância policial poderia de alguma forma tornar a cidade mais segura, mais agradável.


Uma reunião especial do CrimIdéia sueco foi convocada, e lojas de fantasia por todo o país foram atacadas para vestir quase duzentos outros "policias freelance" para a ocasião. Este policiais do CrimIdéia apareceram em Estocolmo naquele dia junto com os porcos oficiais, emitindo multas aos transeuntes por infrações absurdas e caricaturando a agressividade comum dos oficiais de polícia. Eles ajudaram a aumentar ainda mais a frustração que os cidadãos comuns sentiam por estarem cercados por um número ainda maior de policiais que o normal, e esta frustração acabou com qualquer atmosfera festiva que o evento teria tido, de outra forma, para os porcos.


Perto do pôr-do-sol, a polícia se deu conta que os seus números não estavam apenas reforçados pelos policiais de folga, mas também por falsos policiais. Eles temiam prender os causadores de problema, pois se o fizessem poderiam fazer as pessoas se questionarem sobre a legalidade de ter qualquer tipo de "policiais freelance", mas começaram a ameaçar e intimidar os oficiais do CrimIdéia. Esta tática falhou, e sua fúria aumentou até que um dos policiais de mentirinha tentou efetuar uma prisão civil de um sargento da polícia que violava o código de trânsito. Com esta provocação, iniciou um tumulto policial, com a polícia atacando raivosamente os policiais impostores com seus cacetetes; mas os agentes do CrimIdéia se misturaram ao corpo de policiais à sua volta, e logo ninguém conseguia distinguir uns dos outros. Furiosos e desesperados para punir seus inimigos por terem sido humilhados, os policiais atacavam uns aos outros cegamente, usando gás lacrimogênio e no final, balas. No todo, sete policiais e seis agentes do CrimIdéia foram feridos.


Um juiz decidiu que ter policiais de folga patrulhando as ruas era ilegal, e liberou os agentes do CrimIdéia enquanto reprimiu duramente a força policial, que foi desestabilizada pela desordem interna com tal catástrofe. E, cedendo à pressão pública, o governo diminuiu severamente o orçamento do departamento de polícia, ao invés de aumentá-lo como eles esperavam.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória