Fandom

Protopia Wiki

Água/Captação e Armazenagem/Cisterna de Alambrado

< Água | Captação e Armazenagem

1 764 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

450px|rightA cisterna de alambrado enquadra-se na tecnologia de ferro-cimento, que garante alta resistência, e eficiência a baixo custo e baixo insumo de materiais, ao meso tempo em que é de grande simplicidade: em uma base de concreto se coloca uma tela de alambrado, de forma cilíndrica, já no tamanho da futura cisterna.

Para permitir a aplicação de argamassa, a tela é envolta com sacaria do tipo usado para cebola. A aplicação de quatro camadas finas de argamassa confere a resistência necessária à parede. O teto consiste em segmentos fabricados de forma semelhante.

A cisterna aqui apresentada possui uma capacidade de armazenamento de 16 m³, porém facilmente seu volume pode ser ampliado ou reduzido, pela simples adição ou subtração de alguns decímetros de tela.

Por que fazerEditar

Para o uso humano, a captação de água de chuva necessita de um reservatório seguro e fechado, para que não haja vazamentos, nem evaporação.

Após inúmeras tentativas e experiências com diversos materiais como tijolos, pedras, materiais sintéticos ao longo dos anos, os reservatórios cilíndricos de argamassa de cimento têm se mostrado os mais resistentes e eficientes.

A tecnologia tradicional de ferro-cimento emprega diversas malhas de arame fino amarradas de arame numa estrutura de barras de aço que sustenta o próprio peso o da argamassa. A construção desta estrutura é demorada e emprega sempre mais aço do que necessário para a segurança do reservatório.

A tecnologia da cisterna de tela e arame representa uma simplificação da tecnologia tradicional, mantendo, porém, o princípio básico de ferro-cimento que garante resistência e segurança contra vazamento. Não se usam barras de aço verticais, mas sim uma fôrma de chapa de aço flexível, removível, em torno da qual fica enrolada a tela e em torno da tela, o arame galvanizado. A sustentação da parede, enquanto a argamassa fresca, é assumida pela fôrma, que é retirada após a aplicação das duas camadas externas.

O desafio para a nova tecnologia foi a eliminação da fôrma, sem abdicar da simplicidade e da segurança que o ferro-cimento oferece e da parede inteiriça, sem emendas ou composição por elementos singulares. Um produto da indústria siderúrgica, muito usado para separar espaços em ar livre, como residências, estacionamentos etc, se oferecia como ideal: o alambrado, uma tela de dois metros de altura, de malha 15 cm x 5 cm, de arame galvanizado de 3 mm de diâmetro, com uma resistência a ruptura de 65/70 kgf/mm²– ligeiramente superior ao do arame 3,4 mm utilizado na construção de cisterna com fôrma de 50 kgf/mm², com mesmo volume de armazenamento.

A tela é fornecida em rolos de 25 metros de comprimento. A aplicação da argamassa em quatro camadas imita o princípio de materiais compostos, como chapas de madeira compensada ou vidro blindado.

ConstruçãoEditar

A construção segue os procedimentos básicos da construção de cisterna com fôrma: no local da construção se retira a camada que contém matéria orgânica – normalmente em torno de 20 cm - e compacta o solo.

Em seguida são colocadas duas camadas, de sete centímetros cada, uma de seixo rolado, outra de areia grossa (lavada), ambas compactadas, que servem de fundação.

Dentro da camada seguinte, do contra-piso, é colocada e fixada a tela de alambrado. Deve-se ter o cuidado de unir bem a parcela do concreto colocado do lado externo do cilindro de tela com a parte interna. O cilindro de tela precisa ser nivelado com nível de mangueira.

O passo seguinte, a colocação da primeira camada de argamassa, para estabilizar a tela e permitir a aplicação das camadas estruturais e vedantes, encontrou uma solução surpreendente. O desafio foi encontrar alguma maneira que permitisse a segurar a primeira camada de argamassa junto à tela de aço.

Na tecnologia original de ferro-cimento se aplicam diversas camadas de tela de arame fino e na aplicação da massa, uma segunda pessoa segura do outro lado uma peça de compensado fino, ou semelhante, para a massa não cair no vazio.

Mas esta não seria a proposta. Precisava encontrar uma solução que segurasse a argamassa, com facilidade, sem encarecer a construção. Não poderia ser algo de material orgânico, pois pela camada fina de argamassa pequena quantidades de umidade penetram e decompõem o material orgânico, o que causa estufamento e destruição do concreto.

FonteEditar

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória